PATRÍCULA ELEMENTAR

«A nossa pequena pátria, a nossa patrícula.» B. Vian

Imagens de capa

avestruz_geirinhas
(c) Alice Geirinhas, 2007. Publicado no Underworld, antigo blog da artista, na sua campanha pessoal a favor da despenalização da IVG

o-jornal1
(c) Jorge Silva, 1988. Ilustração originalmente publicada no semanário O Jornal, para uma crónica de Francisco Louçã

[25 JAN 2016]
2016-01-25 12.14.34
Un Diable, in Dictionnaire Infernal, J. Collin De Plancy, Le Livre Club du Libraire, 1963

No dia imediatamente após a eleição de Marcelo Rebelo de Sousa, quando Cavaco Silva tornou públicos os vetos às deliberações legislativas relativas à reposição dos direitos plenos de adopção por casais homossexuais e à anulação, para a IVG, da obrigatoriedade de sujeição a uma consulta de psicologia e do pagamento das taxas moderadoras anteriormente aditadas à lei e aprovadas pela legislatura PSD/CDS – ambos diplomas entretanto votados por maioria qualificada no parlamento. Os diplomas voltam agora à Assembleia da República para serem de novo votados, após o que serão automaticamente promulgados. A negação do Presidente da República cessante em colaborar para o desenvolvimento do livre-arbítrio responsável e em participar na construção de uma sociedade cujo Estado acautela os direitos das minorias e das crianças privadas de família, marca repulsivamente os seus derradeiros dias em funções presidenciais. Mas também o fim do chamado cavaquismo: regime a que deu o nome, voz, gás, e pelo qual deu a cara durante décadas. Não deixará saudades, muito pelo contrário. Representa as piores e mais endémicas forças de bloqueio da sociedade portuguesa: o moralismo, o provincianismo e o autoritarismo, responsáveis pelo défice de desenvolvimento ético, cívico e pluralista dos cidadãos portugueses.]
Outros diabos, representando o que mora no espírito e no coração de Cavaco Silva, aqui.

[27 JAN 2016]
1483127_10201235155909171_934032934_n

Isto é: A ABERTURA DE ESPÍRITO NÃO É UMA FRACTURA DO CRÂNIO.
Ainda a propósito de Cavaco Silva e do País que representa. Lembrando, também, a célebre formulação que antigamente afirmava que os exilados portugueses (emigrados esfomeados ou refugiados políticos) iam “abrir a cabeça lá para fora”.

[29 JAN 2016]
1291671066artazInsultaiEncarnado
Ernesto de Sousa com Carlos Gentilhomem, 1971

Composição gráfica para o projecto Almada Um Nome de Guerra. Cartaz em serigrafia a partir de excertos do Ultimatum Futurista (1917) de José de Almada Negreiros. A pensar na Europa e em Portugal nela (para dizer a UE), durante os dias do primeiro grande embate do governo liderado por António Costa (com o apoio da maioria parlamentar de esquerda que o viabilizou) com aquilo que passou a designar-se por realidadeFazendo eco com Almada para com ele declarar que «é preciso criar a pátria portuguesa do século XX[I]», empreitada para a qual se necessita essencialmente de «homens e mulheres da [sua] época», capazes, também, de «insultar o perigo» e de se atirar «prà glória da aventura» que é defender e fazer defender na UE os direitos e anseios do povo português. E quem diz a pátria portuguesa, diz a Europa do século XXI.

[02FEV2016]

JoeIndiovsTomSIDA-o8 (2)

(c) Rui Silvares, 2008. Joe Índio vs Tom S.I.D.A. Acrílico sobre papel, 50x65cm, evocando as personagens de banda desenhada criadas por João Fonte Santa para os fanzines Facada Mortal e Joe Índio.

[07 FEV 2016]
Por-detrás-do-palco-3-half-size
(c) André Letria, 2013
A propósito do que se prepara nos bastidores do PSD e de um slogan da esquerda de que agora se apropria, para tentar defender uma ideia de social-democracia que o PSD no poder desde sempre desonrou, em favor do liberalismo e da empresarialização do País. Nem todos temos serradura no lugar na memória.

[13FEV2016]

aj_gonçalves_julho2015

(c) António Jorge Gonçalves, 2015. Originalmente publicada no Inimigo Público. Evocando os dias em que Wolfgang Schäuble lançou novo e feroz ataque a Portugal, por causa do orçamento de Estado apresentado pelo Governo de António Costa.

[19FEV2016]

cartoons_P3-3
(c) António Jorge Gonçalves, 2010 | Polícia financeira

[26FEV2016]

cavaco_por_joao_fonte_santa
(c) João Fonte Santa, 2013 | Presidente Cavaco Silva
A imagem teve origem numas tatuagens de uns diabos que Fonte Santa desenhava nas mãos das suas filhas, cujos rostos certo dia descobriu serem sempre o mesmo: o de Cavaco Silva! Integra um diário que o artista começou a fazer em 2000, de que resultou um conjunto de mais de cem desenhos, expostos em 2014 na Plataforma Revólver, e de que se fará em breve um livro. Cavaco Silva termina o seu mandato como Presidente da República no próximo dia 9 de Março.

[02MAR2016]

130322-DRA-0056_1

Despedimo-nos de Cavaco Silva (e de tudo o que representou) com um countdown diário –  assinado por José Xavier Ezequiel – até ao dia final do seu mandato como Presidente da República, no próximo dia 9 de Março de 2016. A uma semana desse dia glorioso, publicamos mais uma imagem de uma longa série de visões iconográficas do regime cavaquista de má-memória. Imagens que jamais poderão ser esquecidas (apesar do endémico desmemoriamento do povo português). Título desta entrada do countdown: Mariajoana

[06MAR2016]

3523_1173115949392819_1768120260870849581_n

(c) Pincel | Cavácuo Mixed media

[09MAR2016]

02_marcelo_rebelo_de_sousa_fotografado_para_o_independente_copyright_ceu_guarda_1989_1990
(c) Céu Guarda | Marcelo Rebelo de Sousa fotografado em 1990

No dia em que Marcelo Rebelo de Sousa se torna Presidente da República portuguesa. Um retrato à boa velha maneira estética de O Independente nos comecinhos dos anos 1990.

[11MAR2016]

marcelo rebelo de sousa_copyright_sergio_lemos
(c) Sérgio Lemos

[12MAR2015]

sou_ANT_JORGE_GONÇALVES_
(c) António Jorge Gonçalves

[19MAR2016]

lisboa_turistica_
(c) António Jorge Gonçalves

Uma boa imagem para a Lisbon South Bay. Lisboa e a sua margem sul à venda em Cannes.

[27MAR2016]

2016-03-25 11.52.35

No Dia Mundial do Teatro, as traseiras do Teatro Azul (Manuel Graça Dias e Egas José Vieira, 2005), em Almada. Integra a Rede Nacional de Teatros e Cine-teatros municipais. Fotografia de Sarah Adamopoulos.

[29MAR2016]
Publico-20160329

A capa do jornal Público de hoje. No dia em que na Assembleia da República de Portugal foi chumbado o voto de condenação da repressão em Angola, com o PCP a votar ao lado do PSD e do CDS contra o voto apresentado pelo Bloco de Esquerda, e o PS a abster-se (com excepção de sete deputados socialistas). Mais aqui.

[09ABR2016]

silencio-14
(c) Rui Silvares — “Silêncio”, 2014, técnica mista (colagem, acrílico, spray, pastel de óleo, marcadores). Para evocar todos os silêncios, e muito particularmente os que se adensam debaixo do tapete da História das relações políticas e económicas entre a Europa e os Estados Unidos – mas nem só, claro.

[18ABR2016]
desordem_e_retrocesso_alex_gozblau
A propósito da situação no Brasil

[25ABR2016]13015157_991978794212770_3156698774484081479_n

[28ABR2016]
2016-04-13 15.29.27
Uma parede em Lisboa, pela tarde

[09MAI2016]

ANT_JOR_GON_2005_02

(c) António Jorge Gonçalves 2005 (de uma série de desenhos sobre Cidades e Cidadania)

destituicao_golpista_de_dilma_rousseff_31AG2016_alex_gozblau_sobre_bandeira_brasil
(c) Alez Gozblau

31 de Agosto de 2016. Destituição completamente anti-democrática no Brasil

O Mundo: a grande empresa de Trump

o-deus-moloch-devorando-os-recursos-economicos-da-nacao
(c) João Fonte Santa

«O deus Moloch devorando os recursos económicos da nação»

Na vitória de Donald Trump
09 Nov 2016

 

17991170_1308448082565838_795306800247908840_n

7 de Maio 2017

Presidenciais em França. Na vitória de Emmanuel Macron contra Marine Le Pen, um retrato de Boris Vian evocando não apenas semelhanças físicas mas sobretudo a Patafísica – ciência das soluções imaginárias, a que Macron terá sem dúvida de recorrer para mobilizar os democratas franceses em torno do seu projecto centrista e liberal, só aparentemente desalinhado




23132029_10214674827052995_784355597934329923_n
Catalunha: políticos presos ou presos políticos, a mesma coisa: repressão da própria política, que no entanto é (e será cada vez mais) a arte do diálogo
7 de Novembro 2017

Anúncios
%d bloggers like this: