PATRÍCULA ELEMENTAR

«A nossa pequena pátria, a nossa patrícula.» B. Vian

O cardeal, os bispos e a morte

 

patriarca_manuel_clemente_cne.jpg

 

Manuel Clemente, cardeal patriarca de Lisboa, declarou hoje, em entrevista à TSF, que os seus bispos não ficarão calados e “promete associar-se a outras entidades para combater eventuais leis da Assembleia da República que autorizem a eutanásia.”

Eu e as pessoas como eu gostaríamos de ouvir o cardeal falar, por exemplo, sobre o padre Arsénio Isidoro, alvo de investigação da PJ e já constituído arguido num processo de peculato.

Operação Veritas foi desenvolvida pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ no âmbito de um inquérito do Departamento de Investigação e Acção Penal de Lisboa que começou em “meados em 2014”. Estão em causa “actos de gestão fraudulenta de entidades privadas com utilidade pública consubstanciados em apropriações indevidas para a aquisição de bens de luxo”, segundo a PJ. (Público, 23.03.2016)

 

getImage.jpg

 

Entre outros, o senhor padre terá comprado um Porsche de 150 mil euros com o dinheiro, público, desviado de cinco IPSS, entre as quais a Casa do Gaiato. Naturalmente, o patriarcado promete cooperar com as autoridades sobre as investigações que envolvem o pároco de Torres Vedras e uma freira, responsável pelas finanças das instituições.

É muito provável que se, em vez de dinheiro dos contribuintes, o padre Arsénio Isidoro tivesse empochado parte dos lucros do negócio de Fátima, talvez o cardeal se preocupasse um pouco mais. Assim, assobia para o lado e fala da eutanásia, uma coisa que não é da conta, nem da santa madre igreja, nem da medicina, nem tão pouco da política — mas apenas de cada um dos homens de boa vontade que, seja por que razão for, um dia decidem que terminaram os seus dias na terra.

É sempre assim. Enquanto eu e as pessoas como eu se preocupam com a vida, o cardeal e os seus bispos continuam a preocupar-se com a morte. Que lhes faça bom proveito.

 

 

Créditos: Manuel Clemente, cardeal patriarca de Lisboa, faz o sinal dos escuteiros. Na verdade não foram três, mas cinco as instituições defraudadas. Arsénio Isidoro no papel de jovem empreendedor, tão disfarçado de pessoa que já nem a cruzinha usa na lapela.

Anúncios

3 comments on “O cardeal, os bispos e a morte

  1. llopes49
    25 de Março de 2016

    Viver e desconfiar.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Information

This entry was posted on 25 de Março de 2016 by in Portugal imortal and tagged , , , , .

Navegação

%d bloggers like this: